Especialização do setor seria realizar tráfico internacional com o transporte aéreo; cocaína seria transportadas na rota Bolívia-Paraguai-Brasil

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta quinta-feira (02), 15 mandados de prisão preventiva e 30 mandados de busca em oito estados brasileiros em uma operação contra o Primeiro Comando da Capital (PCC). O objetivo seria desarticular o setor de tráfico internacional de cocaína e, assim, foram apreendidas dez aeronaves que realizavam a rota Bolívia-Paraguai-Brasil. As informações são do portal Uol.
Segundo informações da PF, o grupo atuante dos aviões é formado por advogados, empresários, pilotos e indivíduos ligados ao PCC. As investigações se iniciaram após um acidente aéreo que ocorreu em dezembro do último ano, no município de Muitos Capões-RS. Na ocasião, um avião que transportava as drogas sofreu avarias na hora do pouso e lá permneceu por sete dias.

Os estados que foram alvos da operação da Polícia Federal são: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Roraima e do Distrito Federal.

Bloqueios de imóveis, sequesto de aeronaves e outros veículos, contas bancárias foram realizados. Armas de fogo também foram apreendidas.

Por enquando, os crimes identificados são tráfico internacional de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Fonte: Último segundo
Foto: Reprodução