No Rio Grande do Norte (RN), mais de 1 milhão de pessoas, o equivalente a 28% da população potiguar, vive em situação de extrema pobreza. Os dados foram extraídos do Cadastro Único (CadÚnico).

De acordo com os números, 1.018.671 potiguares inscritos no CadÚnico sobrevivem apenas com o Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família).

Culpa dos três últimos Governos: Rosalba Ciarlini, Robinson Faria e Fátima Bezerra? É somente uma pergunta. RP