Secretaria de Saúde do estado analisa 11 episódios da doença, a maioria na capital João Pessoa

Além de Pernambuco, o estado da Paraíba também começa a registrar possíveis casos da doença não identificada que provoca coceiras e lesões na pele. De acordo com um documento da Secretaria de Saúde da Paraíba, 11 possíveis casos estão sendo investigados — cinco deles na capital, João Pessoa. Os episódios registrados estão em investigação.
Foram registrados ainda possíveis casos em Cajazeiras, Alagoa nova, Caldas Brandão, Campina Grande e Matureia, segundo o Jornal da Paraíba.

No dia 25 de novembro, a Secretária de Saúde da Paraíba emitiu um alerta, após o estado vizinho de Pernambuco registrar mais de 200 episódios da coceira. Até semana passada, os casos estavam concentrados no Recife e em cidades próximas, mas a doença avançou para dentro do estado, já estando presente em pelo menos 13 municípios.

Os casos de coceira começaram a ser relatados em outubro, na região da Grande Recife. Em geral, a coceira costuma vir acompanhada de lesões avermelhadas nos braços e tronco. O problema já afetou pessoas de todas as idades, indo desde crianças de 2 anos a idosos com 96 anos. Até o momento, não houve registro de agravamento associado a esses quadros.

A Sesau recomenda que pessoas que apresentam esses sintomas não se automediquem, mantenham as mãos higienizadas e busquem uma unidade de saúde para receber o tratamento médico.

No dia 28, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) divulgou nota na qual informa que está monitorando a situação em Pernambuco.O estado já registrou mais de 200 casos — 134 no Recife, 62 em Camaragibe e 6 em Paulista.

Fonte: O Globo
Foto: Tv Globo