O Prefeito do Município de Lagoa de Pedras (RN), Guilherme Affonso Melo Amâncio da Silva e o Vice André Michel Paulo de Andrade, foram cassados em razão da prática de captação ilícita de sufrágio.

A sentença da juíza eleitoral Ana Paula Barbosa dos Santos Araújo Nunes ainda quer realizar a nova eleição até Abril de 2022.