Reunião de Lula com políticos do RN em Natal – Foto: Claudio Kbene

Apesar de uma minoria dentro do PT potiguar bater o pé para não aceitar a presença do MDB na chapa da governadora Fátima Bezerra, o partido presidido no RN pelo deputado estadual Walter Alves vai continuar firme no objetivo de voltar a governar o estado, com a possível renúncia de Fátima para disputar mandato de senadora lá na frente, sendo reeleita em 2021.POLIConquistar o Governo do Estado sem fazer muita força é um exercício de sonho acordado dos bacuraus. A turma governista do PT sabe que assumindo a cadeira do Executivo estdual, com poucas canetadas o MDB demancha a estrutura de poder do PT no RN. Mesmo assim, o ex-presidente Lula entra como padrinho da chapa PT/MDB para 2021. A futura composição está mais para sim, do que para não.

Apesar de a cúpula emedebista não exaltar a possível união, nos bastidores o trabalho para conter os ânimos dos petistas exaltados está a todo vapor.


Semana passada um bacurau do Agreste, por meio de interlocutor, perguntou para Garibaldi em quem deve começar a meter o pau, entre Rogério Marinho e Fátima Bezerra. “Diga para ele deixar a governadora em paz”, respondeu Garibaldi.  Do Blog de Daltro