Foto: Reprodução

Frederick Wassef, advogado do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), foi perseguido por um homem armado com faca, na tarde de hoje, depois de ter supostamente assediado a mulher do suspeito.A notícia foi revelada pelo jornal Metrópoles e confirmada pelo UOL.

Testemunhas relataram ao jornal de Brasília que o suposto assédio à vítima, por parte de Wassef, aconteceu no restaurante Chicago, localizado na QI 11, do Lago Sul, área nobre de Brasília, nesta tarde.

Por conta disso, o marido da mulher, armado com uma faca, perseguiu o advogado de Bolsonaro.

A Polícia Militar atendeu a ocorrência no momento, e os envolvidos foram levados a prestar depoimento na 10ª DP, localizada na no Lago Sul de Brasília.

O UOL ligou e mandou mensagens para Wassef, mas não obteve resposta até a publicação da matéria.

UOL