Jardel Ferreira havia sido preso em flagrante no dia 27 de junho deste ano, mas foi solto 24h depois; De acordo com o ITEP, 27 marcas de agressões foram encontrados no corpo da vítimaJardel Ferreira de Moura, de 34 anos, ex-servidor público, acusado de agredir a companheira durante uma festa de aniversário, foi preso nesta segunda-feira (23) em Extremoz, na Região Metropolitana de Natal, munícipio em que o caso aconteceu. A informação é da Polícia Civil.

O caso aconteceu no dia 27 de junho de 2021. Natália Abade, começou a sofrer agressões verbais e físicas do seu companheiro, Jardel Ferreira, ainda durante o evento. De acordo com o exame de corpo delito do Instituto Técnico-científico de Perícia (Itep) foi constatado pelo menos 27 marcas de agressões no corpo da vítima.MAIS >