Foto: Reprodução

Um estudo publicado na revista científica Nature Food determinou que cada salsicha consumida pode diminuir a expectativa de vida de uma pessoa em 36 minutos.Os pesquisadores chegaram ao cálculo considerando que cada grama de comida processada abrevia a vida dos indivíduos em 0,45 minutos. As gorduras trans e o sódio presentes no produto respondem pelo resto da conta.

Em contrapartida, há alimentos que podem prolongar a vida — uma porção de castanhas, por exemplo, pode ser responsável por adicionar 26 minutos de “vida extra” para aqueles que a consomem.

Os pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, testaram o impacto nutricional de quase 6 mil alimentos para criar o Index de Saúde Nutricional.

Eles calcularam o impacto na saúde de um grama de cada alimento e criaram uma média para descobrir como uma refeição completa influencia na expectativa de vida.

Aos que querem viver mais, os cientistas sugerem substituir 10% da quantidade diária de calorias ingeridas a partir de carnes ou alimentos processados por vegetais, frutas e castanhas. De acordo com eles, isso pode aumentar 48 minutos de vida em cada vez que a dieta é seguida.

“Nossa descoberta mostra que pequenas substituições oferecem uma maneira factível e poderosa para atingir benefícios significativos na saúde”, afirmou Olivier Jolliet, autor do estudo, ao jornal The Telegraph.

Metrópoles