O presidente Jair Bolsonaro em evento no Palácio do Planalto em junho Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo/29-06-2021

O cirurgião Antônio Luiz Macedo, que operou o presidente Jair Bolsonaro em 2018 após a facada, foi chamado para ir até Brasília examinar o estado de saúde do presidente, que deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA) na madrugada desta quarta-feira.Médico da confiança de Bolsonaro, Macedo foi responsável pela cirurgia feita após o então candidato a presidente sofrer um atentando durante a campanha eleitoral, em setembro de 2018. O cirurgião também operou Bolsonaro já no cargo de preside te.

Recentemente, Bolsonaro afirmou que terá que passar por uma cirurgia para corrigir uma hérnia. Será o sétimo procedimento do presidente desde o atentado, embora nem todos tenham sido relacionados ao ataque.

O presidente Jair Bolsonaro deu entrada nesta madrugada no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, após sentir dores abdominais. Segundo auxiliares, o presidente passa por exames e está bem. Há dez dias, Bolsonaro vinha reclamando de soluço persistente.

Em nota, o Palácio do Planalto informou que Bolsonaro, por orientação de sua equipe médica, deu entrada no HFA para a realização de exames com o objetivo de investigar a causa dos soluços.

“Por orientação médica, o presidente ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. Ele está animado e passa bem”, diz a nota.

Agência O Globo