Foto: Arquivo/Tribuna do Norte

Em reunião com prefeitos das regiões do Vale do Açu e Central nessa quarta-feira (2), o secretário Fernando Mineiro, que está à frente do Governo Cidadão e do Pacto Pela Vida do Governo do RN, propôs, como forma de combater a pandemia do coronavírus, uma solução que afeta diretamente a economia. Justamente ele, que está à frente de um projeto de desenvolvimento sustentável no RN que é financiado com recursos do Banco Mundial, maior fonte global de financiamento para os países em desenvolvimento.

Segundo ele, em texto publicado pelo próprio Governo do Estado, a média diária por leitos Covid acima de 100 aponta para uma postura mais firme para barrar a economia, “senão quem perderá com isso é a população mais desfavorecida, porque os mais endinheirados têm condições de buscar outras alternativas para enfrentar a pandemia.”

VEJA MAIS: Assessoria do Governo do Estado admite erro em transcrição de fala de Mineiro, e diz que secretário afirmou que “é preciso barrar a pandemia”

Na mesma reunião, a subsecretária de planejamento e gestão da Sesap, Lyane Ramalho, sugeriu a prorrogação do atual decreto, cujo prazo de vigência termina no próximo domingo, por mais oito dias.


Com informações do Portal Grande Ponto