Matheus da Silva Martins de 19 anos de idade, natural de Mossoró estava na casa de seus avós, no Assentamento Olga Benario, na Maisa, quando foi surpreendido por quatro elementos que chegaram de motocicletas, sem qualquer tipo de máscara nos rostos e cercaram a residencia. Segundo informações de familiares, dois criminosos entraram na casa, enquanto os outros aguardavam a saida do jovem pelas portas dos fundos da residencia.

Matheus tentou escapar, correndo pelos quintais das residencias, mas foi perseguido e morto dentro de um matagal, com cerca de cinco tiros, sendo quatro na parte de trás da cabeça.

Segundo informações da policia, o jovem era do tipo trabalhoso, com passagem pelo sistema prisional.

 Ele morava no bairro Santo Antonio em Mossoró, mas era visto sempre na casa de seus avós, no Assentamento.

Depois dos procedimentos de pericia realizados pelas equipes da Delegacia de Homicidios de Mossoró e do Itep, o corpo foi removido para ser examinado na sede da Unidade Regional do orgão em Mossoró.

Do Câmera