Pesquisas eleitorais recentes apontam Jair Bolsonaro rivalizando com o ex-presidente Lula na disputa pela à Presidência da República em 2022. Mas, nas Redes Sociais, a história é outra. Nas quatro principais plataformas, os perfis oficiais de Bolsonaro somam 43,3 milhões de seguidores, o quádruplo dos 9,9 milhões do petista condenado em várias instâncias e que cumpriu pena por corrupção e lavagem de dinheiro.

No Instagram, a rede social mais popular, Bolsonaro tem 18,3 milhões de seguidores, enquanto Lula soma quase sete vezes menos: 2,7 milhões.

No Facebook, a maior rede social do mundo, o presidente Bolsonaro acumula 14 milhões de seguidores. O petista, 4,6 milhões.

No Twitter, a rede predileta dos jornalistas, pois ganham perfil “verificado”, Bolsonaro tem 6,7 milhões de seguidores. Lula, 2,6 milhões.

No Youtube, a rede social que mais tirou telespectadores da imprensa tradicional, Bolsonaro tem 3,4 milhões de assinantes. Lula, só 322 mil.


Cláudio Humberto