Da redação - Assú Notícia: A cidade com pouco menos de 4 mil habitantes, pode vivenciar um novo momento político com uma nova eleição para escolher o representante do povo no executivo. Isso vai depender de todo o material robusto encontrado na operação Sujeito Oculto, do Ministério Público, no dia 05 de Maio de 2021, na prefeitura de Paraú, resultando na prisão preventiva de Vicente Eufrásio e Antônio Leodecio, envolvidos no esquema, segundo o Ministério Público apurou.

As provas que estão de posse da justiça, pode comprometer a situação da atual prefeita, esposa do suspeito preso, Vicente Eufrásio. No dia da operação, um dos promotores que cumpriu os mandados de busca e apreensão na prefeitura e outras secretarias, contou para a imprensa, que um vasto material probatório foi apreendido, e isso pode colaborar para um possível afastamento ou cassação da atual prefeita. Isso vai depender da justiça.

Enquanto a justiça investiga, a população aguarda que a justiça puna os respectivos responsáveis pelos desvios e desmandos que vinham acontecendo na prefeitura, desde 2018. O MP têm diversas escutas telefônicas que comprovam o desvio de recursos públicos da atual gestão.