A presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Susana Cordeiro Guerra, sairá oficialmente do cargo nesta sexta-feira (9). Ela pediu exoneração ainda no mês passado, um dia após o Congresso Nacional aprovar um corte orçamentário de 96% no Censo Demográfico previsto para este ano, inviabilizando o Censo Demográfico 2021.
A decisão do Congresso acarretou a suspensão de concurso público a ser realizado para a pesquisa, conforme divulgado na última terça-feira (6). A pesquisa contaria com R$ 71 milhões para realização, o que foi considerado inviável.

Nos bastidores, há esforços pela nomeação de um nome técnico, que já esteja familiarizado com o funcionamento do IBGE. O nome do sucessor de Susana, porém, ainda não foi divulgado.