A Câmara dos Deputados decidiu ontem pela aprovação do texto-base do Projeto de Lei 948/21, que permite à iniciativa privada comprar vacinas para a imunização gratuita de seus empregados.
O projeto de relatoria da deputada Celina Leão (PP-DF) prevê que essas compras, se feitas junto a laboratórios que já venderam vacinas ao governo federal, poderão ocorrer apenas depois do cumprimento integral do contrato e da entrega dos imunizantes ao Ministério da Saúde. Além disso, o texto determina que as empresas doem ao SUS a mesma quantidade adquirida para os trabalhadores.

Foram 317 votos a favor da proposta e 120 contrários, com 2 abstenções. Entre os parlamentares do Rio Grande do Norte, apenas Natália Bonavides(PT) votou contra o projeto.

Do Blog Focoelho