O Promotor de Justiça José Alves Rezende Neto, determinou a abertura de Inquérito Civil, visando apurar suposta prática de ato de improbidade administrativa, praticado pela Secretaria Municipal de Tributação de Pau dos Ferros (RN), pela cobrança indevida de taxa de expediente na emissão de boletos na gestão da prefeita Marianna Almeida.

De RP