Um homem que se identificou como juiz levou a mulher para tomar a vacina no Rio de Janeiro e acabou armando uma confusão. No dia em questão, apenas homens podiam receber o imunizante.
Ele então começou a exigir que ela fosse vacinada. Quando algumas pessoas cobraram que ele usasse máscara e ameaçaram chamar a polícia, o homem se identificou com juiz e começou a xingar as pessoas.

Posteriormente, ainda foi descoberto que a mulher tinha 73 anos e, naquela semana, apenas pessoas com 75 ou mais anos poderiam ser imunizadas.

Com informações de R7