Neste sábado, dia 27, durante o Programa Mesa Redonda da Rádio Caicó AM, o deputado Vivaldo Costa tornou público a sua indignação, protesto e prestou uma solidariedade à ex-gerente da Regional Seridó da CAERN, Rosy Gurgel, exonerada do cargo pelo presidente da CAERN, Roberto Linhares sem se quer dá um telefonema ou explicação ao parlamentar que foi quem a indicou para ocupar o cargo. “Rosy é uma pessoa altamente competente, trabalhadora e séria. Nesses anos de seca atendeu todas as cidades com muita eficiência”, destacou.
A indicação da pessoa que está entrando, que é natural de Currais Novos, é do deputado e líder do Governo na Assembleia Legislativa, Francisco do PT. “Nada contra Currais Novos. Nada pessoal contra a pessoa que está entrando”, declarou. Vivaldo Costa falou quem tem amizade pessoal com Francisco, apesar disso não aceitava esse tipo de tratamento de ninguém. “Eu não aceito nem de Francisco, nem da governadora e nem do presidente da CAERN. Não aceito de ninguém esse tratamento desrespeitoso. Eu sou leal, sou correto e cumpridor dos meus compromissos”, enfatizou.


A maior liderança política do Seridó acrescentou que faz parte da base aliada da governadora Fátima Bezerra e que na sua campanha política para o Governo do Estado deu sua parcela de contribuição em Caicó e no Seridó sem pedir nada e sem exigir nada. “Eu botei a cara a tapa. Me expus. Convidei e levei todas as lideranças para apoiar Fátima Bezerra. Agora não aceito esse tratamento. Quem me conhece sabe que eu não aceito. E não aceito mesmo. A minha solidariedade a Rosy Gurgel, uma das figuras mais competentes que eu conheci na minha vida”, afirmou Vivaldo.

BlogJS