Homem denuncia ex-mulher por agressões e cobra “Lei Maria da Penha” – Foto: Reprodução / TV Futuro

Destaque no portal AGORA RN

Um homem que denunciou a ex-namorada mais de 10 vezes por agressões por não aceitar o fim de um relacionamento, cobrou que a Lei Maria da Penha fosse alterada por “só beneficiar mulheres”.O caso foi revelado pela TV Futuro RN. O homem afirmou que sofreu ameaças, agressões e torturas psicológicas por parte da ex-companheira. Ele já registrou 11 boletins de ocorrência e disse que nada acontece porque não existe uma lei tão punitiva para as mulheres como no caso de agressões feitas por homens.

O homem disse que “quando a mulher quer, ela sabe torturar a mente do homem” e que a lei Maria da Penha deveria sofrer uma mudança para que pudesse beneficiar o homem.

“Estou tentando de todas as formas, porque se fosse o contrário, se um homem tivesse tocado em uma mulher, ele já estaria preso e condenado. Isso tem que haver mudança. Uma lei que só beneficia mulher é claro, a mulher é mais frágil, mas quando a mulher quer ela sabe torturar a mente do homem, o físico e tudo mais. Tem que haver a mudança dessa lei para beneficiar o homem também. Não existe uma lei única só para mulher, por ela ser mulher. Tem que haver uma defesa ao homem”, disse.

“Eu plano por defesa. Eu plano por justiça. Só porque eu tenho sexo masculino eu posso sofrer tudo sem a consequência nenhuma contra uma mulher?”, questionou.