Foto: NBC

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, será levado a um hospital nesta sexta-feira (2) após receber diagnóstico de Covid-19, informou a Casa Branca. Segundo o governo americano, a decisão pela entrada na unidade de saúde foi tomada como “medida de precaução“.De acordo com Kayleigh McEnany, porta-voz da Casa Branca, Trump será atendido no Centro Médico Militar Walter Reed, perto da capital Washington. Um helicóptero oficial levará o presidente à unidade. Ainda segundo a Casa Branca, Trump trabalhará de dentro da suíte presidencial do hospital. A unidade, diz o governo, tem estrutura para que o presidente despache do quarto.


Dessa forma, informou a Casa Branca, Trump não precisou transmitir a presidência ao vice, Mike Pence. Ele também foi testado, mas recebeu resultado negativo para Covid-19.


De acordo com comunicado publicado mais cedo pelo governo, Trump sentia fadiga, mas estava “animado”. Ele recebeu uma dose de oito gramas de um coquetel antiviral ainda em fase de testes nos EUA, segundo a nota oficial.


A primeira-dama Melania Trump, que também contraiu o novo coronavírus, tem dor de cabeça e tosse moderada.


Além do coquetel, o presidente tomou suplementos alimentares, um analgésico e um medicamento para proteger o estômago. O comunicado não menciona a hidroxicloroquina, medicamento que havia sido defendido por Trump no passado para uso contra a Covid-19.

“Ele está sendo avaliado por um time de especialistas e juntos vamos fazer recomendações ao presidente e à primeira-dama sobre os próximos e melhores passos”, diz a Casa Branca. Ainda segundo o governo dos EUA, os demais familiares de Trump foram testados e receberam resultado negativo. Todos passam bem.

G1