Servidores fazem um protesto, na manhã desta quinta-feira (24), em frente à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, contra a votação da reforma da previdência do estado, marcada para a sessão plenária do dia após um acordo firmado pelo governo com a oposição. A sessão começou pouco antes das 11h.Os manifestantes reclamaram da obrigatoriedade de contribuição por aposentados que ganham acima de R$ 3,5 mil, que atualmente são isentos. Na Praça 7 de Setembro, em frente à sede do Legislativo, os servidores instalaram faixas contra a previdência e usaram carro de som para criticar a votação.

“É um ataque à classe trabalhadora que vem atrapalhar a vida dos aposentados, aumentando a contribuição de pessoas que já contribuíram por 30, 35 anos. Não vamos aceitar”, afirmou o coordenador do Sindicato dos Servidores da Saúde, Breno Abbott.(mais…)