As chances da Copa do Mundo Feminina serem disputadas no Brasil em 2023 foram definitivamente sepultadas. Em nota nesta segunda-feira (8), a CBF anunciou que decidiu retirar a candidatura “após uma minuciosa avaliação” e manifestou seu apoio para que a Colômbia seja palco do Mundial.De acordo com a entidade, uma análise da Fifa sobre a candidatura brasileira “considerou que não foram apresentadas as garantias do Governo Federal e documentos de terceiras partes, públicas e privadas, envolvidas na realização do evento”. A CBF destacou que “compreende a necessidade da Fifa de obter tais garantias e sabe que elas fazem parte do protocolo padrão da entidade internacional, sendo elemento fundamental para conferir a segurança necessária para efetiva realização de eventos deste porte”.

Além disto, frisou que o governo chegou a elaborar uma carta de apoio institucional para receber o torneio do ponto de vista estrutural. Entretanto, “ressaltou que, por conta do cenário de austeridade econômica e fiscal, fomentado pelos impactos da pandemia da covid-19, não seria recomendável, neste momento, a assinatura das garantias solicitadas pela Fifa”.

(Veja mais…)