Soldado Gleivan e cabo Ricardo Valentim morreram no mesmo dia por covid-19
Divulgação/PMESP

O cabo Ricardo Valentim da Silva, de 47 anos, integrante do 21º BPM/I, (Batalhão de Polícia Militar do Interior), e o soldado Gleivan da Silva Lima, de 36, do 1º BPM/M (Batalhão de Polícia Militar/Metropolitano) morreram em decorrência da covid-19 na última quarta-feira (13). Desta forma, subiu para seis o número de óbitos na corporação em todo o Estado de São Paulo. O cabo Ricardo estava internado no Hospital APAS de Santos, no litoral central do Estado. Já o soldado Gleivan passava por tratamento no Hospital da Polícia Militar, na zona norte da capital paulista. As informações foram confirmadas pelo comando da PM.

Nesta sexta-feira (16), os servidores da Polícia Militar começaram a passar por testes para detectar o novo coronavírus, conforme cronograma anunciando no início da semana pelo diretor do Instituto Butantan, Bruno Covas. Policiais civis quem moram na capital e coabitantes também iniciaram o agendamento para a realização dos exames.

Do R7