Num áudio revelado pelo Intercept, hospitais vendem vagas de UTI sob um ‘caução’ de no mínimo 50 mil reais.

Ouça abaixo:

The Intercept Brasil
✔@TheInterceptBr

R$ 50 mil antecipados: esse é o preço que hospitais privados de Manaus cobram para aceitar a internação de pacientes com suspeita de covid-19 em suas UTIs. A cobrança para atendimento emergencial é ilegal, mas eles alegam que a doença não é emergência. https://interc.pt/2WlDbLC
Embedded video